X

Preencha o formulário e entre em contato com nossos especialistas.

Alerta de Halitose

O portador de mau hálito raramente percebe o problema e toma conhecimento dele apenas quando é alertado por familiares ou pessoas próximas. A descoberta do mal causa grande insegurança e constrangimento social no indivíduo. Assim, este terá grande chance de se excluir ou se tornar um excluído socialmente, mas a relutância em avisá-lo piora ainda mais a situação.

Este alerta anônimo, tem como objetivo ajudar o portador de mau hálito de forma científica e definitiva.

Confira abaixo o conteúdo informativo que será enviado.


Você está recebendo esse comunicado com o objetivo de prestação de serviço da Rede Hálito.

O mau halito (halitose) é um sintoma que acomete uma grande parcela da população brasileira (aproximadamente 40% em alguma fase de sua vida), sendo que várias patologias (doenças) podem ser responsáveis pela sua causa.

Como apenas nas últimas décadas houve um grande avanço científico no conhecimento das suas causas e no tratamento com resultados que levam à cura, ainda existe um tabu sobre o assunto.

Os tratamentos paliativos (que não curam) ainda são muito utilizados, como o uso de mascaradores do mau hálito (enxaguantes bucais, chicletes, balas,...) mas seus resultados são frustrantes.

O portador do mau odor bucal tem medo de estar com problema e de causar mal estar aos que estão próximos, e os que percebem não falam ao mesmo pois tem medo de ofendê-lo. Isso cria um mal estar progressivo, um constrangimento social, que as vezes leva ao afastamento e isolamento da pessoa que sofre do problema.

Esta situação ocorre também porque a pessoa que tem mau hálito muitas vezes não percebe que esta naquele momento com mau odor, devido a um fenômeno chamado fadiga olfatória; o qual o organismo se adapta a situação e faz com que a pessoa não perceba o seu próprio cheiro.

Esta situação tem provocado nas pessoas próximas como familiares e colegas de trabalho um dilema muito grande pois querem ajudar a pessoa com o problema mas não sabem como avisar sem ofender e sem ter algum tratamento específico para poder recomendar.

Com a finalidade de prestarmos um serviço para facilitar que você seja alertado que está com esse problema, e que uma pessoa próxima percebe e quer ajudá-lo(a), estamos enviando esse comunicado.

Para mais informações acesse nosso site.

AGENDE SEU EXAME